Histórico


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     UOL - O melhor conteúdo
     BOL - E-mail grátis
     Vende na Farmácia


     
    Manual de Moda e Estilo para Advogados


    Icones da Moda - Luiza Brunet

    Uma hora uma stripper, noutra uma ex-modelo. Onde eu quero chegar, deve ser a pergunta que muitas me fazem agora. Para começo de conversa, Luiza Brunet já era meu ícone de elegância antes que eu virasse gente. Além de ser um estrondo (sim, eu já a vi pessoalmente, e ela é ainda mais bonita ao vivo, dá vontade de cortar os pulsos!), ela é a mulher real e possível: é morena de cabelos castanho como 80% de nós, o que já é meio caminho andado para nos inspirarmos nela. E além da sua absurda beleza, sabe se posicionar:  deixou de ser modelo antes que o mercado de trabalho esquecesse dela, e ninguém a vê envolvida em escândalos e baixarias. Se tem tatuagem, é para esconder as marcas de vitiligo do qual é portadora (até no rosto ela tem marcas da doença). Usa biquíni? Sim, mas evita o fio-dental. Minissaia? Barriga de fora? Só na passarela. É o exemplo da mãe que respeita a filha e as limitações da idade, o que merece aplauso num mundo onde mães tentam conquistar garotões com idade para serem seus filhos.

     

    1)     Peças favoritas: mbora tenha por  muitos anos envergado (por força de contrato, melhor deixar isso claro) os apertadíssimos jeans Dijon, ela sempre foi muito clássica: camisas de corte impecável, calças brancas, calças de alfaiataria. Quando se produz para a noite, os vestidos são longos ou no joelho, como convém a uma jovem senhora.

     

    2)      Guarda-roupa: Ela usa muito Versace no vestidos (tem um vestido marrom dela que eu sempre quis ter!) e nos cintos – ela capricha muito nestes, especialmente quando usa a dupla calça e camisa brancas.   

    3)     Cores:  Ela adora branco, e os cabelos castanhos e a pele bronzeada facilitam essa paixão. À noite, quase sempre preto.

     

    4)      Cabelo e maquiagem: O cabelão é a sua marca registrada  – lindo, naturalmente liso e castanho. A maquiagem se tornou mais suave com o passar dos anos (ainda bem, pois no começo da carreira ela exagerava um pouco). O único senão dela são as sobrancelhas, que poderiam ser mais grossas. Ela cisma com o seu sorriso, pois acha seus lábios finos e seu nariz adunco (já vi esse filme, do qual fui protagonista durante certo tempo), mas a verdade é que ela tem um rosto lindo, clássico e brejeiro ao mesmo tempo.

     

    5)    O teu passdo te condena:   Apesar dela rspeitar muito a filha, eu detestei quando ela posou para o livro do Terry Richardson naquela foto tão feia quanto desnecessária - não precisava acabar a carreira de modelo com aquela pose horrorosa (eu não vou mostrar aqui a foto, mas é procurar na Internet e ver se estou falando alguma besteira). Outro momneto triste foram as fotos das campanhas da grife de jeans Dijon - posar com o patrão naquela situação é de lascar. A sorte dele é que não havia a tipificação de assédio sexual na época.

    6) Porque ela é um ícone:  Ela é a prova de que o melhor da vida começa aos 40.  Mesmo dando um banho em muita menina de 18 anos, não sucumbe ás tentações de ser o que não é mais. E corajosamente posou sem Photoshop e maquiagem, provando que é possível ser bela sem retoques eletrônicos, e explicou: "Tenho  47 anos, tenho consciência disso e não preciso aparentar ser mais nova. Não tenho problema nenhum com meu corpo. Envelhecer é irreversível, e toda idade tem sua beleza. Sempre peço para não me deixarem com o corpo de uma menina de 20 anos “.  E mais - ela, sim, representa a verdadeira beleza da mulher brasileira, tanto assim que o cacique Raoni, assistindo ao SPFW, dentre Giseles e tantas outras mais novinhas, apontou: "Aquela, sim, é bonita". Senhoritas, aprendam com ela a serem belas e verdadeiras!  

     



    Escrito por Pingeot às 15h32
    [] [envie esta mensagem] []



    Momento Mãe Ternura

    Eu tinha de mostrar essa para vocês. Com exclusividade, meu filhinho, que aos cinco anos gosta tanto de massagem que pediu por uma "quick massage" no quiosque do shopping. Nem preciso dizer que os visitantes do shopping se encantaram com a cena, que vocês também mereciam ver. Querem saber da melhor? O danadinho adora pegar meu pote de hidratante e fazer massagem na mamãe. Meus ombros de advogada e meu coração de mãe agradecem! 



    Escrito por Pingeot às 21h27
    [] [envie esta mensagem] []



    Dúvidas de Moda 2010

    1)      Advogada por usar calça carrot?

    R: A calça carrot (ou cenoura, ou saruel, como preferirem) tem alma esportiva. Particularmente, eu não gosto dela - não realça os contornos femininos como se deve – mas se você faz MUITA questão, capriche com todo o esmero na blusa e no sapato.

     

    2)      Advogada pode usar estampa?

    R: O problema não é o vestido ou a blusa serem ou não estampados, mas que tipo de estampa será utilizada. Há muitos gêneros que podem ser usados pelas advogadas: poás miúdos, listras, xadrez (tweed, príncipe de Gales, pied-de-poule) ou até uma estampa de bicho (esta desde que numa blusa bacana ou numa echarpe caprichada). Estampas mais criativas necessitam ser mais sóbrias, em cores mais discretas. De maneira geral, evite estampas grandes nos vestidos, deixando isso para as blusas, camisas e lenços.

     

    3)      Preciso me relacionar com juízes e promotores e preciso usar roupas mais elaboradas, mas tenho horror a terno (ou tailleur). O que eu faço?

    R: Muita gente boa não gosta de terno convencional (Luís Virgílio da Silva, o professor de constitucional da USP, jamais foi visto num, e ele parece o Cary Grant!) Quem não gosta de blazer pode usar vestidos, com ou sem manga. Mas eles precisam ser bem cortados, de tecidos mais firmes e todos com forro (esqueça os vestidões de malha, ainda que o corte seja maravilhoso.) Para dar mais sobriedade, invista num broche camarada ou num colar de três voltas em pérolas. Para os amigos causídicos, é obrigatório usar blazer e uma camisa maravilhosa. Um relógio de respeito e o toque de Midas – uma pasta ou bolsa inigualável. Um cabelo bem arrumadinho e... voilà!

     

     

     



    Escrito por Pingeot às 21h18
    [] [envie esta mensagem] []



    Vigília Clamando por Milagres

    Gosto não discute – lamenta-se, por vezes. E às vezes, falar sobre os erros de moda não funciona: o jeito é mostrar. Neste post, vou comentar todos os absurdos modistas que meus olhos e a lente do meu celular captam nos fóruns, só para mostrar in rem o que não deve ser usado nem em caso de calamidade pública. Peço desculpas pelas limitações da lente da câmera e pelo foco (eu tenho de ser muito rápida, sob pena de levar uns safanões das minhas “modelos”). Todas foram fotografadas no centro de São Paulo, e tive a parrocha de conferir se elas eram advogadas ou estagiárias (olha a que ponto eu chego para dar credibilidade ao que digo!) Então, com vocês e com exclusividade...

     

    1)      A blusa até não era má. O problema era a legging branca, que realçava com perfeição a celulite da moça – tudo poderia ser resolvido com um saia ou uma calça. E um comentário que a foto não pode mostrar: a coitada não sabia andar de salto, pisando torto e jogando os joelhos para frente. Um horror.

     

    2)      Já disse e vou repetir: ser gordinha não é pecado. Mas foi uma judiação ver esses pneuzinhos realçados pela blusa apertadíssima, que ainda contava com um sutiã preto de bolinhas brancas à mostra. Verdadeira afronta à elegância, sem efeito devolutivo!

     

    Aguardem as próximas emoções do novo capítulo, onde darei ênfase a sapatos. A coisa vai esquentar!



    Escrito por Pingeot às 21h11
    [] [envie esta mensagem] []



    Após longa pausa para acertar a vida pessoal e os compromissos habituais, estou de volta! Graças a Deus, algumas colegas queridas sentiram minha falta e reclamaram, no que fazem muito bem! Isso é a prova de que as matérias fizeram falta, o que me enche de orgulho e de responsabilidade, pois estou diante de um público excelente e exigente! Mesmo com o escasso tempo, preparei novas e divertidas matérias.  Vamos a elas?

     



    Escrito por Pingeot às 21h03
    [] [envie esta mensagem] []




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]